pt / en

Destaques

Linha entre namoro e união estável é tênue

Duas pessoas, em convivência pública, contínua e duradoura, com objetivo de constituição de família, vivem namoro ou união estável? "Enquanto os elementos objetivos que diferenciam são pequenos, as consequências são enormes. A união estável se configura como uma entidade familiar, com direitos entre os companheiros. Já entre os namorados, em tese, restarão apenas os bons momentos e as lembranças", explica a advogada Ana Vasconcelos Negrelli. "Para que o seu desejo seja respeitado, mesmo com uma indesejada morte, o melhor é deixá-lo consignado, determinado e registrado."

Fonte: Jornal do Commercio